Fondazione CUOA: como se preparar para viajar e o que esperar do curso

Confira as dicas no artigo feito por nossa ex-aluna Leda de Luca, publicitária, fundadora e editora do canal Ares do Mundo, sobre turismo, cultura e lifestyle.



Olá,

Me chamo Leda De Luca, fui aluna da CUOA Business School (Fondazione CUOA), no programa de Criatividade, Inovação e Novos Negócios em 2017 e estou aqui para falar um pouco sobre a minha experiência com a Universidade e também dar algumas dicas para estudantes que viajarão em breve para a Itália. Vamos lá! 🙂

Residência estudantil ou alugar apartamento

Durante o curso, optei por alugar um apartamento em Vicenza, ao invés de permanecer na residência sugerida pela escola. No meu caso, valeu muito a pena, pois, além da cidade ser linda, com habitantes muito cordiais, tinha facilidade para pegar trem e viajar durante os finais de semana para outros cantos da Europa.

Diariamente, eu pegava um ônibus público no centro de Vicenza e ele me deixava na porta da CUOA.

O mesmo eu fazia para voltar e, quando chegava na cidade após o curso, ainda tinha tempo para fazer umas comprinhas nas ruas mais comerciais ou jantar em restaurantes pitorescos da cidade.

O trajeto de ônibus tanto para ir quanto para voltar levava em média 40 minutos e nunca tive problema algum de atraso. Eram pontuais, mesmo em dias de terríveis nevascas.

O trajeto de ônibus tanto para ir quanto para voltar levava em média 40 minutos e nunca tive problema algum de atraso. Eram pontuais, mesmo em dias de terríveis nevascas.

Durante os meus estudos, observei que cerca de 75% dos alunos da IBS ficava nas acomodações sugeridas pela escola e se divertiam bastante também, mas eu preferi uma rotina mais calma, por isso, foi muito bacana estar em Vicenza durante todo o curso.

Independente de você se hospedar ou não em Vicenza, visite a cidade, por pelo menos 1 dia, pois é encantadora. É uma cidade pouco turística, então, você vai poder ter experiências bem originais com italianos locais.

O dia a dia do curso

Ao longo do curso eu tive 3 professores, um de cada disciplina.

O dia a dia era tranquilo, mas bastante dinâmico. As aulas iam de assuntos mais básicos de negócios a assuntos mais inovadores.

Ao longo do curso, fiz 3 visitas a fábricas da Itália. Uma para a Armani, outra para um fornecedor que fazia montanhas-russas para a Disney e a última para a Bissaza, fabricantes de mosaicos de luxo. Eu adorei as visitas!!!

Cada curso tinha um cronograma específico de visitas às fábricas e esse cronograma era alterado, de acordo com a disponibilidade das empresas.

Durante as visitas às fábricas todos os alunos ficavam bem atentos, pois, com base nos aprendizados, nos preparávamos para o trabalho de conclusão de curso.

Pontualidade sempre!

As aulas sempre começavam de forma pontual e terminavam sem atraso também. Os alunos não tinham “mordomia” com horários e diariamente assinávamos a folha de presença na diretoria.

A viagem Genebra

Com a CUOA fizemos uma viagem para Genebra, na Suíça, de trem. Foi um fim de semana espetacular, onde pudemos conhecer a ONU e a OMC. Depois dos tours, eu conheci outros cantos da cidade e preparei este roteiro abaixo, no meu blog de viagens 🙂 .

Outros lugares bacanas da Itália para visitar durante o curso

Recomendo visitar Verona, a cidade que inspirou Shakespeare a escrever Romeu e Julieta e, claro, Veneza (que tende a desaparecer do mapa muito em breve).  Ambas são bem próximas da Universidade e de Vicenza. Dá para conhecê-las de trem.

Como se preparar para estudar na Itália

Antes de ir para a Itália, fique atento à validade do seu passaporte e não esqueça de contratar um seguro viagem, pois é obrigatório na Europa.

Se você tiver dúvidas sobre como contratar seguro viagem, dê uma olhadinha aqui, que explico tudo o que você precisa ficar atento para escolher o melhor para o seu perfil.

A sua viagem também pode ficar mais confortável contratando um chip de viagem internacional. Na escola o wi-fi funciona super bem, mas fora de lá, não. E pode ser necessário no seu dia a dia, principalmente, se for viajar para outros cantos da Europa.


A IBS Americas agradece pelo depoimento e por todo o apoio ao nosso blog, Leda! Desejamos muito sucesso para você.

Para receber informações sobre os nossos cursos executivos no exterior, mande um e-mail para blog@ibs-americas.com!