Blue Ocean Strategy: saiba como aplicar esse método

Em um mercado competitivo as possibilidades de crescimento a longo prazo existem; mas, precisam ser descobertas. Poucos líderes entendem e criam novas oportunidades na indústria. Quando isso acontece, um novo “oceano azul” surge, conquistando espaço no mercado, clientes e principalmente, resultados.

Quais são as características dessa estratégia?

O ponto principal é a inovação de valor, um novo foco estratégico. Ao criar uma demanda com benefícios diferenciados no mercado, a concorrência se torna irrelevante e o conceito de valor é alterado. Como, por exemplo, o Cirque du Soleil, que reinventou o conceito de circo. Enquanto a concorrência se concentrava em shows de animais, eles surgiram oferecendo emoção, drama e arte. A demanda pelo produto aumentou e, naturalmente, os preços.

Confira os pontos-chaves desta estratégia:

  • Criação de um mercado ainda não explorado;
  • Criar e capturar novas demandas;
  • Tornar a concorrência irrelevante;
  • Romper a importância do custo-benefício.

O que deve ser feito na prática?

Reunião entre colaboradores

Ir além dos clientes existentes

Poucas empresas têm uma boa visão de quem são os não-clientes e como alcançá-los. Uma pesquisa de campo é a melhor maneira para desafiar antigos métodos e obter novos insights. Isso significa: buscar métodos para atrair esse grupo, priorizando as semelhanças entre clientes e não-clientes, ao invés de dividi-los em múltiplos segmentos.

Questionar abordagens tradicionais

As organizações devem sair dos limites aceitos que definem como elas competem. Para criar oceanos azuis, os gerentes precisam ter a capacidade de observar sistematicamente e ir além desses limites. A empresa farmacêutica Novo Nordisk A/S seguiu essa estratégia. Enquanto os concorrentes oferecem seus produtos aos médicos, eles focam nos pacientes, dando às pessoas autonomia e apresentando uma nova alternativa para a demanda.

Analise o apelo emocional

Se a concorrência foca na aplicabilidade, analise o valor emocional que o produto têm para o consumidor. Na Blue Ocean Strategy, deve-se questionar como os novos processos afetarão esse valor. Resumindo: não deixe o seu negócio chato!

Envolvimento de toda equipe

Ao realizar uma promessa de inovação, é preciso que as pessoas abracem essa iniciativa. Construir a estratégia com auxílio das pessoas desde o início, gera confiança e cooperação. Então, peça ao seu time diversas maneiras de contribuição; promovendo oportunidades para debates e méritos pelas ideias diferentes. Explique a estratégia para todos, pois com esse entendimento, as equipes confiarão nas intenções de seus gestores mesmo que discordem de uma mudança específica.

Reconhecimento intelectual está ligado ao poder motivacional. Quando há apreciação ao valor intelectual dos colaboradores, eles sentem-se dispostos a compartilhar o conhecimento que possuem e ir além da realidade atual, à medida que há uma conexão emocional com a estratégia. Essa etapa – e seu sucesso, é importante.

Renovação Estratégica

Com o tempo, toda inovação é imitada. A chave para sustentar isso a longo prazo é a renovação da estratégia. Portanto, monitore continuamente os resultados e o mercado. Quando a concorrência começar a conquistar espaço, esse é o momento de criar uma nova estratégia para mais oceanos azuis.

O livro

Blue Ocean Strategy
Imagem retirada da amazon.com.br

A estratégia e o conceito de red oceans (demandas já existentes, onde empresas competem umas contra as outras) e blue oceans (demanda desconhecida, com potencial vasto para empresas que souberem explorar isso) é abordado no livro Blue Ocean Strategy – How to Create Uncontested Market Space and Make the Competition Irrelevant de W. Chan Kim e Renée Mauborgne. A obra foi nomeada best-seller pelo Wall Street Journal, BusinessWeek e Amazon.

Se interessou pelo tema? Em nosso programa Contemporary Topics in Business Strategy esse assunto é abordado com profundidade pelos professores da Pearson College London – clique aqui para ler mais detalhes do programa.

Para receber informações detalhadas sobre os nossos cursos executivos no exterior, mande um e-mail para blog@ibs-americas.com!